migração pendular

Faltam 3 meses para terminar o ano, que passa mais rápido do que eu, que passo de trem pelo noroeste metropolitano paulista.

Tem um texto da Marina Colasanti que fala sobre o quanto nós nos acostumamos, mas não deveríamos, em uma frase ela diz que nos acostumamos para “poupar a vida, que as poucos se gasta e se gasta acostumada, se perde de si mesmo”: em todo o retorno de férias volto desacostumada, em poucas semanas, 8 no caso, já me acostumei mais uma vez. Já me acostumei a tomar café da manhã correndo, deitar cedo e dormir pesado e a pensar, sem tempo suficiente pra pesquisar a fundo, se algum dos eleitoráveis tem proposto soluções para o transporte urbano.

Enquanto isso, parece que minha cidade vai mesmo ganhar um aeroporto.

Processed with VSCOcam with x1 preset
Estação da Luz, 6h30m
Processed with VSCOcam with p5 preset
Bairro, Caieiras. 20h45m
Processed with VSCOcam with b5 preset
Centro de Franco da Rocha, 16h30m

Fotos feitas com um LG L5 e processadas com VSCO CAM.

♫ The Passenger – Iggy Pop

Anúncios

Um comentário sobre “migração pendular

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s