QUEM O QUE

Antes página mestra, hoje jantar, que fique claro: não é de gala, sinta-se a vontade.

“A revolução não é um jantar de gala, não se pode ser feito como uma obra literária, um desenho ou um bordado, não se consegue com a mesma amizade, suavidade e cortesia, consideração e generosidade, a revolução é uma insurreição um ato de violência no qual uma classe invalida a outra!”

Das  bases marxistas de Mao Tsé-Tung, na chamada Revolução Chinesa, para o livro e o roteiro de The Dreamers, em pleno Maio de 68, a frase de Mao Tsé é um exemplo de como mudado o contexto, muda-se o sentido das coisas. Não sou marxista, não sou maoísta. A revolução da qual esse blog trata não se baseia na luta de classes, mas na luta diária do cotidiano: entre a beleza, o grotesco, a rotina, a memória e o efêmero.

jayne andrade
caieiras, são paulo, brasil, américa do sul, américa, mundo.

[ Arquitetura FAU-USP e freelancer por aí]

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s